FECOMERCIO

Notícias do Setor

Eficiência da Mala Direta dos Correios a serviço da população

Desde que a nova modalidade foi implementada, os Correios já registraram uma distribuição de mais de 700 mil folhetos e panfletos por meio do serviço

04/08/2014

Bastante utilizada por grandes empresas para divulgação de seus produtos e serviços, a Mala Direta Domiciliária também vem beneficiando micro e pequenos empresários e clientes pessoa física, que agora podem usufruir deste serviço de marketing direto dos Correios sem necessidade de contrato.

Desde que a nova modalidade foi implementada, os Correios já registraram uma distribuição de mais de 700 mil folhetos e panfletos por meio do serviço, que permite pagamento à vista nas agências da estatal. Criada a partir da necessidade do mercado, a iniciativa tem como destaque a possibilidade de também atender a demandas simples da população, como a venda de objetos e oferta de serviços, podendo ser utilizada, inclusive, em situações inusitadas, tais como a busca por pessoas desaparecidas e animais perdidos.

Minas Gerais, Espírito Santo e Rio Grande do Sul são os Estados com maior procura pela Mala Direta Domiciliária sem contrato, que vem se mostrando um meio eficiente para quem não possui mailing ou deseja fazer uma divulgação em área específica. Com o serviço, peças promocionais de pessoas físicas e jurídicas podem ser distribuídas pelos atendentes de agências, ao final de cada atendimento, ou entregue pelos carteiros de forma aleatória ou seletiva, em localidades estabelecidas ou por perfil de pontos de entrega, sejam comerciais ou residenciais.

Desempenho – Mesmo tratando-se de um segmento concorrencial no Brasil, o marketing direto é, atualmente, a terceira maior fonte de receita para os Correios. A estatal mantém representantes deste segmento em todos os Estados e há 13 anos possui uma unidade especializada em São Paulo (SP), o Escritório de Consultoria e Negócios em Marketing Direto.

 

Fonte http://blog.correios.com.br/correios